EBAHL E FUNARTE PROMOVEM OFICINA GRATUITA

A Escola de Belas Artes em parceria com a Funarte realiza, entre os dias 27 e 31 de agosto, a oficina “Histórias de um Areal”, ministrada pelos professores Maria Helena Bernardes e Fernando Mattos. O evento é gratuito e aberto a toda a comunidade, sem pré requisitos, com temática voltada para artistas, estudantes e professores. São ofertadas 20 vagas e o trabalho é desenvolvido durante os turnos da manhã e da tarde, das 9h às 11h30 e das 14h às 17 horas. As inscrições podem ser efetuadas na secretaria da Escola de Belas Artes.

A oficina apresentará o processo criativo que resultou no livro “Histórias de Península e Praia Grande/Arranco”, Documento Areal 7, que reúne histórias ouvidas e filmagens realizadas na região entre Mostardas e Chuí. Serão desenvolvidos exercícios práticos de respirar e observar caminhando, redigir e narrar histórias cotidianas; aproximaremos texto e imagem (fotografia e filme); além de exercícios vocais e sonoros com objetivo de unir narrativa e música.

Fernando Lewis de Mattos e Maria Helena Bernardes, já participaram de vários eventos a convite da EBAHL e retornam à Escola por intermédio do Programa “Desafios Contemporâneos – Oficinas de Artes Visuais”, da FUNARTE, que patrocinará uma oficina gratuita ao público. Desde 2009, o casal realiza uma série de performances em torno deste livro. As performances entrelaçam leituras de histórias com composições que Fernando executa na viola caipira e a projeção do filme Arranco, de André Severo gravado nas areias da Península (entre Mostardas e S. José do Norte) e da Praia Grande (entre Rio Grande e Chuí). A proposta objetiva compartilhar com o público de Rio Grande os modos de ouvir, narrar e construir retratossonoros, visuais e textuais da região postos em prática na composição do livro e nas performances que Fernando e eu vimos apresentando desde sua publicação.

SOBRE OS OFICINEIROS

MARIA HELENA BERNARDES (Porto Alegre, 1966)

É artista plástica e professora de História e Teoria da Arte na Arena – Associação de Arte e Cultura, sediada em Porto Alegre. Suas ações artísticas ocorrem dentro de Areal, projeto criado em conjunto com André Severo, em 2000, e mantido pela Arena. É autora dos livros Vaga em Campo de Rejeito (Documento Areal 2); Histórias de Península e Praia Grande, com André Severo (Documento Areal 7), Dilúvio, com André Severo (Documento Areal 10) e A Estrada que não Sabe de Nada ( Documento Areal 11).

FERNANDO LEWIS DE MATTOS (Porto Alegre, 1963)

Fernando Lewis de Mattos, doutor em música, integra o quadro de professores do Departamento de Música da UFRGS. Com participação em vários trabalhos premiados, atua como instrumentista, arranjador e compositor. Escreve música para diversas formações vocais e instrumentais, trilha para teatro, vídeo e cinema. Dedica-se, também, à pesquisa e intrepretação de música antiga européia e de brasileira dos séculos XX e XXI.

SERVIÇO

O que: Oficina “Histórias de um Areal” – Maria Helena Bernardes e Fernando Lewis de Mattos

Quando: de 27 a 31 de agosto

Onde: Escola de Belas Artes “Heitor de Lemos”

Quanto: Oficina gratuita – vagas limitadas – inscrições na EBAHL (Rua Carlos Gomes, 583)

15.08.12

Fernanda Miki

Anúncios
    • volni ney
    • 15 de agosto de 2012

    Não colocaram a hora das oficinas

      • ebahlrg
      • 27 de setembro de 2012

      Conforme conta na notícia publicada: “São ofertadas 20 vagas e o trabalho é desenvolvido durante os turnos da manhã e da tarde, das 9h às 11h30 e das 14h às 17 horas.”
      Infelizmente a oficina já aconteceu.

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: